Posted by
Foto Assessoria CBF / Gladson Cameli e Rogério Caboclo.

Em dezembro de 2020 o Governador Gladson visitou a CBF, foi recepcionado com almoço, recebeu kit da Seleção Brasileira e prometeu ao Presidente Rogério Caboclo que estava a disposição para ajudar o Futebol do Acre no que for necessário.

REUNIÃO

Foto blogdochicopontes.com.br.

Governador nesta 5ª Feira 25/3 os clubes vão se reunir com a Diretoria da FFAC e discutir soluções para o futebol do Acre que ficou de “pires na mão” com as medidas restritivas do Comitê Covid-19. Seria oportuno o Srº ou seu representante se fazer presente neste encontro.

GOVERNADOR,

O momento é de clemência pela sobrevivência do futebol local, desmanches de times, jogadores, treinadores, e auxiliares desempregados, portas se fechando, e com a barriga roncando sem nada para comer em casa.

CRIAÇÃO DE GRUPO

Governador,

A situação do futebol acreano é tão delicada que ex atletas, atletas em atividade, treinadores e pessoas anônimas resolveram criar o “Grupo União Volta do Acreano” pedindo a realização do campeonato Estadual, e nesse desespero resolveram fazer esta carta para o senhor.

Prezado Governador,

Pedimos desculpas por importuná-lo, mas gostaríamos que o senhor, por favor, ajudasse a salvar o FUTEBOL ACREANO, pois esporte e saúde, assim como empregos caminham lado a lado.
Atualmente, são cerca de 600 pessoas empregadas no masculino e outras 100 (no mínimo) no feminino.

Se o Estadual não começar, essas pessoas precisão procurar empregos, infelizmente aumentando o volume de contágio de forma não intencional.

O futebol é um ambiente seguro, assim como outros estabelecimentos que estão abertos. Cada partida gera 65 testes de covid entre comissão e atleta, logo 8 partidas por semana, geram 520 testes, de forma que o desporto facilitará com o Controle da pandemia. Alguém Positivo, ficará isolado imediatamente.

Não há casos de internações, entubações ou mortes entre atletas, assim também sabemos que segundo estudos, a atividade física, aumenta a resistência ao vírus em 34%.

O senhor prometeu durante sua campanha, esse incentivo ao futebol, mais do que nunca precisamos da sua ajuda, por nossas famílias, que dependem de nós.

Na última temporada, existiram apenas 3 casos de testes positivos, que os atletas estavam assintomáticos durante o 2ºturno do Campeonato Acreano. Em nenhum momento o nosso futebol causa a aglomeração dos grandes centros e a maioria dos times estão na capital (7 de 9 participantes), logo, as tais viagens que são o maior risco, não existirão.

Vale salientar que Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina, Amazonas, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia e Mato Grosso seguem com o certame.

Imploramos com todo nosso manifesto de respeito e admiração, que o senhor possa dar atenção ao nosso caso. Kinho Brito / Porta Voz do Grupo.

O FUTEBOL VAI PERDER
A GRAÇA NA SUA GESTÃO?

Foto túnel inflável semelhante a esse.
Foto divulgação saudoso Governador Orleir Cameli.

Em 1997 a Federação precisava de um túnel inflável como medida de proteção para o RBFC realizar seus jogos pela Copa do Brasil e Conmebol. O seu tio, saudoso Governador Orleir Cameli foi um grande aliado do futebol e mandou comprar o túnel inflável para servir ao esporte do Acre. Nesse momento o futebol  acreano está com a corda no pescoço, será que na sua gestão ele vai para o fundo do poço?.

ADRIANO VAI EMBORA

Foto: Reprodução/Rede Amazônica Acre.

Fazendo parte das mudanças que o Cel. Edener Franco está fazendo no elenco do Imperador Galvez, o artilheiro Adriano rescindiu contrato com o clube e deixou esta mensagem de despedida no Instagram:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *