Posted by

O artigo 46 da Lei Pelé, deu o prazo até 30 de junho, para os clubes profissionais de Norte a Sul, grandes e pequenos, apresentarem suas “prestações de contas” do ano de 2019. O documento tem que ser protocolado na Federação de origem do Clube e publicada durante 90 dias no site da Entidade.

Foto blogdochicopontes.com.br / Renato Machado Presidente do Vasco da Gama.

Renato Machado Presidente do Vasco da Gama fez contato com o blogdochicopontes.com.br para dizer que hoje as dificuldades são enormes para um clube sobreviver, porque o Estado não ajuda o futebol. “Lobinho” como é conhecido revelou que hoje o saldo bancário do Vasco da Gama é de R$ 1.60, um real e sessenta centavos.

Mesmo ralando para se manter de pé, o Presidente finalizou dizendo que está preparando a prestação de contas e que tem saudades do “Pelezinho” ex Secretario de Esportes do Governo Tião Viana e que o PT está fazendo falta, pois ajudava os clubes de futebol. Assista a entrevista do Presidente no blogdochicopontes.com.br:

VOTAÇÃO ADIADA.

O projeto de Lei do Deputado baiano Arthur Maia que reduzia de 100 para 50%  indenização dos jogadores, sofreu forte pressão dos atletas e foi barrado na primeira votação. O projeto tem mais dois pontos, que não houve tempo de discussão.

A proposta do contrato entre clubes e jogadores de no mínimo de 30 dias de trabalho por causa do coronavírus, hoje o período mínimo é de 3 meses. 90 dias.

O outro ponto é permissão às Federações para alterar regulamentos e calendários das competições já iniciadas e paralisadas também por causa do covid-19.

O Relator do Projeto é o deputado Marcelo Aro de MG. Ele é Diretor de Relações Institucionais da CBF e irmão de Adriano Aro Presidente da Federação Mineira de Futebol. O projeto deve ser pautado de novo nesta 5ª Feira 4/6.

CNN BRASIL / HOJE

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *